24/12/05 - Gisele encerra o ano em alta

A santista Gisele Garcia não pára de evoluir e está entre os destaques na categoria na Baixada Santista. Aos 16 anos, ela é a principal representante da cidade nos circuitos estadual e brasileiro. Em 2006, ela pretende melhorar os resultados e colocar Santos nos pódios.

Recentemente, ela garantiu o segundo título santista da carreira. Além de faturar as três etapas do circuito, ela não se intimidou e desafiou os meninos em duas fortes categorias. Mesmo sendo a única garota, a competidora não fez feio.

"Gostei de correr com eles. Foi diferente e ainda consegui terminar como quinta colocada no ranking da Mirim e da Junior", festejou.

Porém, ela estava disposta em repetir a boa atuação na categoria Feminino. "Desde o começo estava focada na minha categoria e conquistei o bicampeonato, garantido com 100% de aproveitamento", contou Gisele.

Competidora há três anos, Gisele Garcia elogiou o trabalho da Associação Santos de Surf que vem resgatando a modalidade na cidade promovendo o surf treino e do circuito municipal.

"O esporte estava um pouco esquecido, mas vejo que com a associação estão surgindo novas oportunidades" avalia a atleta que começou a pegar onda aos 10 anos com o surfista Cisco Aranã, na Escolinha Radical de Santos.

Determinada, Gisele Garcia pretende no futuro competir como profissional. Desde quando começou a competir, ela conta com total apoio dos pais, que a acompanham nos principais campeonatos.
Aluna do ensino médio do Colégio Ateneu Santista, ela disse que a colaboração da escola também tem sido fundamental.

"Eles apóiam bastante o esporte, então dá para dividir o tempo entre o surf e os estudos. Sempre me ajudam quando preciso viajar ou competir durante a semana".

Neste ano, ela faturou a primeira vitória no circuito Colegial e foi homenageada pela direção do colégio. Ano que vem, em seu último ano escolar, a santista tentará mais uma vez conquistar o título.
Integrante do time Billabong, ela tem a oportunidade de conviver com surfistas mais experientes e desfrutado da boa estrutura fornecida pelo patrocinador.

"É um trabalho muito bem elaborado e, sempre que possível, vou para Camburi para estar com a equipe", diz, referindo-se ao Centro de Treinamento da marca comandado pelo surfista Zé Paulo.

Há cerca de um ano Gisele passou a ter uma base na praia do Tombo. "Melhorou muito. Agora, posso ir com mais freqüência para lá, sem precisar acordar muito cedo e gastar tempo na locomoção, pois estou perto da praia", revela.

Para manter um bom condicionamento físico, a atleta continua treinando com o técnico Ademir Silva e fazendo musculação.